COM VÁRIOS ERROS DO ÁRBITRO, BOA ESPORTE É DERROTADO EM GOIÁS.

(Foto: Asscom Boaec/Rosiron Rodrigues)

Em partida válida pela 7ª rodada da Série B 2017, o Boa Esporte foi derrotado pelo Goiás na noite desta terça-feira (13), pelo placar de 4 a 1 em Goiânia/GO.

Com o resultado o Boa Esporte entra no Z4.

Nunca, foi postura de esta editoria fazer qualquer tipo de comentários sobre os resultados dos jogos ou mesmo fatos ocorridos durante os mesmos. Mas é preciso que seja colocado aqui, que queremos um campeonato que seja regido pelas regras do jogo. Para que ao final de cada jogo, ganhando ou perdendo, sem que se observe cor ou peso de camisa para o que o mesmo não influencie no resultado e ao final de cada jogo, vencidos e vencedores passam de cabeça se cumprimentar.

Infelizmente não foi isso que aconteceu na noite de hoje (terça-feira), em que a Boa Esporte sofreu 4 gols e marcou somente 1.

Preciso salientar que o arbitro da partida tomou várias decisões erradas e foram prejudiciais para o Boa Esporte. O segundo gol da equipe goiana, originou se de uma falta mal assinalada pelo arbitro da partida o Sr. Francisco Carlos do Nascimento.

No segundo tempo quando o placar estava 3 a 1 para o Goiás o time boveta era mais organizado em campo, propondo o jogo buscando o 2º gol, que o colocaria em condições de tentar a igualdade no placar. Ele o Sr. Francisco Carlos do Nascimento arbitro do jogo, se fez de cego quando o atacante do Boa Esporte Rodolfo dentro da grande área tentou driblar seu marcador e só não o fez pela irregular intervenção do zagueiro colocando a mão na bola dentro da área. A regra é clara. Penalidade máxima para o Boa Esporte não marcada. Foi ainda incapaz de ver e volante Pedro Bambu dentro da área desferir um soco no rosto do atleta boveta Geandro. O que resultaria em pênalti e consequentemente expulsão do mesmo.

Lamentável um dos mais importantes campeonatos de futebol do País, com seus jogos transmitidos ao vivo pelas TVs abertas (SPORTV) e fechado (PFC), com imagens geradas ao vivo para Brasil e o mundo. Repudiamos esse tipo de arbitragem.

O que relato aqui são fatos claros, ocorridos no jogo entre Goiás e Boa Esporte Clube realizado na noite desta terça-feira (13), na cidade de Goiânia e teve a transmissão do canal fechado Premiere (PFC), que reprisou por várias vezes os lances aqui relatados.

Lamentável. Esta editoria repudia qualquer tipo de arranjos. Como dizia o saudoso Telê Santana. Que o futebol, seu placar seja decidido em campo dentro das regras do jogo.

Edimar Mariano

MTB - 0005798 - MG