Vale a pena comprar o iPhone 8 em 2021?

O ano é 2021 e a Apple já está preparando o seu próximo lançamento, o iPhone 12S – sim, há fortes rumores de que este será o nome do próximo aparelho, e não iPhone 13 -. E apesar de estarmos quase na décima quinta geração, ainda há quem esteja interessado nos modelos mais antigos. Por isso, hoje vamos dizer se ainda vale a pena comprar o iPhone 8 em 2021.

O iPhone 8 veio para suceder o 7, mas visualmente falando a diferença é praticamente imperceptível, a não ser por um único detalhe que nos permite saber qual é qual: o iPhone 8 tem traseira de vidro e o 7 não.

Vale a pena comprar o iPhone 8 em 2021?

Anteriormente, publicamos uma matéria sobre se valia a pena comprar o iPhone 7 e a resposta foi sim, então naturalmente o que temos a dizer é que também vale a pena comprar o iPhone 8 em 2021, especialmente agora que os preços estão ainda mais baixos em consequência dos recém-chegados iPhones 12 Mini, 12, 12 Pro e 12 Pro Max.

Além disso, uma outra questão que torna favorável a compra do iPhone 8 é que a Apple continuará lançando atualizações de sistema para ele até o ano de 2022, completando assim o ciclo de 5 anos de atualizações que a empresa vem garantindo aos seus aparelhos.

A seguir destacaremos alguns pontos interessantes do celular e que acrescentaram ainda mais confiança a nossa resposta de que vale a pena comprar o iPhone 8 em 2021.

Traseira de vidro

Agora o iPhone 8 é quase 100% de vidro, com exceção das bordas que se mantiveram em alumínio. O uso do vidro traz duas desvantagens em relação aos iPhones 7 e 6 feitos de totalmente de alumínio: primeira, suja mais fácil; segunda, é muito mais frágil.

Por outro lado, o uso do vidro torna o aparelho muito mais elegante e com uma pegada muito mais agradável. Além disso, permite ao mesmo o carregamento sem fio, conforme falaremos a seguir.

Resistência a água e poeira

Desde o iPhone 7 os usuários podem se beneficiar da tecnologia IP67, que garante tanto ao modelo citado quanto ao próprio iPhone 8 resistência contra água e poeira. Com isso, é possível fazer fotos e vídeos embaixo da água – desde que não ultrapasse 1 metro de profundidade nem permaneça por mais de 30 minutos.

Apesar dessa resistência, é importante lembrar que a Apple não oferece garantia nos casos em que os celulares sejam danificados embaixo d’água. Além disso, não é recomendável que o aparelho seja usado na água do mar.

Veja também: Como desativar o brilho automático do iPhone

Carregamento sem fio

Ao deixar a construção de alumínio para trás e investir em uma traseira de vidro, a Apple pôde implementar uma tecnologia de carregamento sem fio. O padrão utilizado é o Qi, o mesmo adotado por diversas outras fabricantes, o que lhe permite usar carregadores sem fio de outros celulares e também modelos universais.

A maior praticidade do carregamento sem fio é justamente o fato de não existir fio, o que permite a você colocar e tirar o celular na base de carregamento sem com muito mais facilidade. A parte ruim é que o celular demora mais tempo a carregar.

Desempenho acima da média

O modelo vem equipado com um A11 Bionic, o processador hexa-core de fabricação própria da Apple considerado um dos melhores e mais potentes entre os celulares que competem com iPhone 8.

Além de proporcionar mais fluidez ao sistema para executar todo o tipo de aplicação, o A11 recebeu atenção especial quanto a possibilidade de rodar jogos em 3D aliado ao uso de realidade aumentada.

Veja também: Vale a pena comprar o iPhone 7 em 2021?

Fotos com qualidade profissional

As câmeras do iPhone já eram boas na versão 7 e 7 Plus, mas no 8 e 8 Plus a Apple investiu ainda mais para aprimorar não apenas as lentes, mas especialmente o software que controla o aplicativo de câmera. Com isso, agora é possível obter fotos ainda melhores em ambientes com muita ou pouca iluminação.

Vale destacar que o O 8 Plus inclui um novo sensor e processador de sinal de imagem para acompanhar o processador A11 Bionic, então em quesito qualidade fotográfica não tem como se decepcionar.

Para finalizar esse tópico, o 8 Plus agora possui uma nova técnica de foto chamada Portrait Lighting, um recurso beta que adiciona iluminação 3D simulada a rostos e até mesmo remove fundos para criar um efeito de estúdio.

Com uma câmera dessas não tem como dizer que não vale a pena comprar o iPhone 8 em 2021.

Preços

Você conseguirá encontrar o iPhone 8 comum a partir de R$ 2.300 na versão de 64 GBs, geralmente usado. Um modelo novo na caixa pode sair acima de R$ 2.800, isso se você conseguir encontrá-lo, pois devido ao lançamento dos modelos 10, 11 e 12, os mais antigos deixaram de ser fabricados e estão cada vez mais raros.

Já o iPhone 8 Plus você conseguirá encontrar a partir de R$ 2.800, geralmente usado. E caso queira um modelo novinho na caixa, provavelmente terá que desembolsar mais de R$ 3.500, dependendo da quantidade de memória de armazenamento.

Deixe um comentário